sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Transamazônica de trás pra frente - Parte 2

Continuando a jornada...

6º Dia (09/08/2012) - Na metade o sexto dia saímos de Alter do Chão, rumo a Rurópolis para pegar novamente a BR-230, chegando em Rurópolis abastecemos e continuamos a viagem.
Já durante a noite o trecho que percorremos entre Rurópolis e Medicilândia ambas cidades no PA, nos deparamos com alto trafego de caminhões toreiros durante a noite, portanto cautela nesse trecho.

ao final do dia pernoitamos em Medicilândia no Center Hotel.

7º Dia (10/08/2012) -  Seguimos rumo a Altamira, na cidade fizemos uma parada rápida para visitar um velho amigo meu Digão, em Altamira abastecemos e seguimos em frente por que ainda estávamos longe,
no caminho passamos pelas obras da Usina de Belo Monte, hidrelétrica essa que assim como as do madeira recheadas de controvérsias.
mais alguns km enfrentamos a ultima balsa da viagem sobre o Rio Xingu que divide Vitoria do Xingu de Anapú, continuamos e dormimos em Novo Repartimento-PA, no Hotel Santa Terezinha.




8º Dia (11/08/2012) - Logo cedo abastecemos em Novo Repartimento e vamos em frente, 50km antes de chegar em Marabá a estrada fica horrível, em Marabá começa o trecho de asfalto mas antes tivemos que sofrer com um trecho péssimo.


Passamos por Marabá e antes de atravessar a divisa de Estados Pará - Tocantins, fomos parados por PM's do Pará e para nossa surpresa durante a vistoria dos PM's, os mesmos informaram que aquele trecho do Pará tem alta incidência de assaltos, pudemos comprovar o que eles disseram ao vermos a viatura cheia de buraco de balas, e nos loucos andávamos durante a noite na estrada e nela passamos por diversas pontes estreitas, ufa, ainda bem que ficou para trás.

uma das dezenas de pontes que tivemos que atravesar

Seguimos em frente e cruzamos o rio Tocantins, agora sobre uma ponte que divide os Estados.

Já em Tocantins, nos deparamos com um desvio da BR-230 em São Bento - TO, desvio esse pois os anteriormente a estrada cortava uma Terra Indígena e os índios não permitiram que o trecho dentro da terra dele fosse pavimentada, então foi o jeito fazer um desvio.
Continuando Abastecemos em Luzinópolis - TO.
No final do oitavo dia dormimos em São Raimundo das Mangabeiras-MA, no Hotel Tropical.

9º Dia (12/08/2012) - Abastecimento em São Raimundo das Mangabeiras, seguimos viagem estamos no penúltimo dia já estamos mais próximo do destino, a ansiedade em chegar logo nós faz andar mais e parar pouco hehehe, mas paramos para abastecer em Floriano - PI, nesse ponto já nos deparamos com a caatinga e rios sem de "areias" (intermitente)




nova parada para abastecimento em Antonina do Norte-CE, nesse trecho nos perdemos o GPS pirou totalmente ehhehe, portanto não confiem totalmente no GPS, levem consigo um mapa para auxiliar.
Depois de perdermos mais ou menos uns 70km rodando e umas 2 horas, finalmente nos achamos e continuamos viagem rumos a Cajazeiras - PB. Chegando em Cajazeiras pernoitamos com a perspectiva de que no próximo dia chegaríamos em Cabedelo.





10º Dia (13/08/2012) - Cabedelo estamos chegando, pegamos o chão preto (asfalto), logo em seguida abastecemos em São Mamede - PB, agora faltam menos de 300km, ufa.

caatinga em chamas
uma das varias divisas


chegando no litoral a vegetação começa a esverdear novamente
muito perto do km0

















Cabedelo chegamos no meio da tarde por volta das 16hs, rodamos um pouco dentro da pequena cidade que fica dentro da grande João Pessoa, ate encontrarmos o marco do km 0, que fica do lado da igreja que me fugiu o nome e enfrente ao porto de cabedelo.

depois de toda essa aventura, fomos curtir as praias... mas em Recife.

foto fim da jornada...
...mas se preparando para a próxima












Nenhum comentário:

Postar um comentário